Brasil chega a 18ª posição no GCI

Brasil chega a 18ª posição no Índice Global de Segurança Cibernética (GCI)

O estudo realizado pela União Internacional de Telecomunicações em 2020 apontou um grande salto do Brasil no ranking, anteriormente, em 2018, o país ocupava a 71ª posição, agora sua nova posição no ranking global é a 18ª, e entre os países representantes das Américas sua posição é a 3ª, estando atrás de EUA e Canadá.

Esse salto significa muito, pois em meio a uma era em que a troca de dados digitais, seja para transferências bancárias, compras on-line ou até mesmo realizações de provas de cursos EAD, se tornam cada vez mais frequentes, e ter segurança na hora da troca de informações é fundamental.

Um dos pontos que influenciou o crescimento do Brasil nas estatísticas foi a implementação da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais, a LGPD, que foi aprovada em agosto de 2018 e entrou em vigência a partir de agosto de 2020.

Veja a seguir a imagem com o resumo da lei e suas especificações:

Fonte: Gov.br

A estimativa é que nos próximos anos o país suba ainda mais no ranking, pois a LGPD na prática ajuda tanto as pessoas quando as empresas, essa segurança faz com que o país seja bem visto, por exemplo, por investidores, o que fará a economia crescer. Mas e você provedor já adaptou seus contratos a LGPD?

Capa - Marketing para provedores

Promova sua marca = Venda

Toda empresa, pequeno a grande porte, precisa anunciar seus produtos, afinal não adianta ter um produto inovador e deixá-lo escondido atrás do balcão. Marketing pode parecer algo difícil e caro, mas aqui vão algumas razões para você mudar essa forma de pensar.

O primeiro passo é compreender seu produto, saiba destacar os pontos fortes do seu serviço. Com isso em mente, pense em quais os diferenciais que ele agrega no mercado e ao usuário. Já o passo dois é entender seu cliente, afinal quem são eles? Para se traçar uma boa estratégia de marketing esses dois pontos são indispensáveis.

Dominando seu produto e conhecendo seu público agora é investir no que gera maior alcance e repercussão. Com isso queremos dizer: Esteja onde seus clientes estão. Divulgação por meio de panfletos, internet, banners e afins são formas de manter sua marca ativa na mente das pessoas. Quanto mais você aparecer mais vão falar de você.

Mas não adianta entregar panfleto para quem não vai ler, assim como não adianta postar em uma rede social que seu público não usa. Conheça seu cliente e aí sim comece a produzir.

Além disso um grande aliado de toda empresa é o network, conhecer outros provedores do mercado, aprender ou inovar a partir dos pontos fortes da concorrência também é uma estratégia de marketing.

Fica aqui nosso dica para você provedor participar da EXPOISP Brasil onde você pode conectar sua empresa a demais marcas do mercado, gerar parcerias valiosas e conhecer novidades do mercado de ISP. Fique ligado nas nossas redes sociais para saber as datas dos próximos eventos. 

Voltando ao marketing para provedores que tal criar um perfil nas redes sociais e mostrar curiosidades, bastidores e o dia a dia da sua empresa? Você sabe como as coisas funcionam, mas seu cliente não.

Mostre para ele o diferencial da sua empresa, desenvolva um relacionamento empático ao revelar como as coisas funcionam. Lembre-se que as pessoas são curiosas e você pode usar isso a seu favor produzindo conteúdo de qualidade e que demostre os valores que sua empresa preza.

Marketing é o exercício diário da criatividade, é olhar o mundo como uma oportunidade de criar e produzir valor. Leia mais sobre o mercado e se envolva com o seu produto, quanto mais você domina um assunto melhor você se torna em falar sobre ele.

Não se trata de usar termos técnicos para mostrar que sabe, se trata de fazer seu conhecimento agregar na vida do seu cliente. Quando ele precisar dos seu serviços ele vai lembrar de você. Promova sua marca = Venda.